sábado, 16 de agosto de 2014

Henri Bergson (sobre cinema)


Em diversos momentos em seus livros, Henri Bergson utiliza o cinema como exemplo para ilustrar suas teorias. Reproduzo abaixo um trecho do livro "O pensamento e o movente" em que o filósofo francês se vale, novamente, do cinema:

"Em teoria, o filme no qual estão impressos os estados sucessivos de um sistema inteiramente calculável poder-se-ia desenrolar a qualquer velocidade, sem que nada fosse modificado. De fato, esta velocidade é determinada, já que o desenrolar do filme corresponde a uma certa duração de nossa vida interior - e não a qualquer outra. O filme que se desenrola está, pois, provavelmente relacionado à consciência que dura e que lhe regula o movimento."

(BERGSON, Henri; O pensamento e o movente; traduação: Franklin Leopoldo e Silva; São Paulo: Abril Cultural, 1974. - (coleção Os Pensadores))

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...