sábado, 30 de novembro de 2013

Touro Indomável de Martin Scorsese (Raging Bull, 1980)


direção: Martin Scorsese
roteiro: Paul Schrader e Mardik Martin
direção de fotografia: Michael Chapman
estrelando: Robert De Niro, Cathy Moriarty, Joe Pesci.

A câmera lenta é um recurso cinematográfico muito interessante. Com o seu auxilio o cineasta pode corromper o andamento do tempo, desenvolvendo para seu filme uma temporalidade própria, desprendida do tempo fenomênico. Mas não é para todos os casos que ele deve ser utilizado, e um diretor consciente de seu trabalho sabe muito bem disso. Não somente para desacelerar a velocidade de uma bala quando disparada de um revolver, ou de um carro que salta quando passa por uma lombada em alta velocidade. Um exemplo de cineasta consciente de suas habilidades e das técnicas que tem disponíveis à sua mão é Martin Scorsese.

Devo admitir aqui que Scorsese figura entre meus diretores favoritos. Como poucos ele consegue fazer experimentações em seus filmes e aliar estas experimentações a um bom enredo - que faz com que tanto entendidos quanto leigos do cinema gostem de seus filmes. E não é fácil juntar experimentação estética a um enredo interessante - o cinema está cheio de exemplos para dar a este respeito. A visão pessoal do diretor deve estar presente em um filme, e no caso de Scorsese, diretor-cinéfilo assumido, esta visão pessoal do diretor estadunidense abarca também o trabalho de outros diretores que influenciam seu modo de filmar. Se fosse francês, poderia muito bem colocá-lo dentre os cineastas da Nouvelle Vague (que também utilizavam de sua cinefilia para compor as cenas de seus filmes, em diversas ocasiões fazendo menção a filmes de seus ídolos).   

Com o intuito de fazer um cinema moderno em meio ao mundo conservador de Hollywood (em que a qualidade artística da obra pode ser deixada de lado em benefício do alcance financeiro que ela possa render), Martin Scorsese faz "Touro Indomável" (raging bull, 1980), filme em preto e brando sobre o boxeador Jake LaMotta (Robert De Niro). Um trabalho belíssimos que cativa os olhos do espectador logo na primeira tomada. Enquanto os créditos de equipe e elenco são exibidos na tela, temos a imagem de LaMotta a pular no ringue, sozinho, em câmera lenta, na primeira das belas composições produzidas por Michael Chapman (diretor de fotografia) e Scorsese.

Mas voltemos ao ponto inicial. As câmeras lentas, utilizadas em diversos momentos do filme, são o foco principal deste texto. A opção de Martin Scorsese por filmar diversas cenas em câmera lenta era o de apresentar para o espectador a visão de LaMotta do mundo que o cerca. São muitas as ocasiões em que o recurso da câmera lenta é utilizado, e em grande parte deles se trabalha partindo da visão do protagonista para o mundo que o cerca - uso da câmera subjetiva, portanto. É assim quando ele vê a futura Vicky LaMotta (Cathy Moriarty) no restaurante. Ele já a havia visto antes, por isso sabemos que ele está apaixonado por ela, e quando a vê o mundo parece se movimentar mais devagar, quase parando, para que o homem apaixonado possa contemplar o seu "objeto" de desejo. Este trabalho se repete em outras ocasiões, como quando ele a vê balançar as pernas nas águas da piscina do clube que frequentam, por exemplo.

Mas depois de conquistada, a câmera lenta que demonstra o desejo de LaMotta para com Vicky diminui, tornando-se em algumas ocasiões uma relação diferente (não pretendo revelar detalhes do enredo, embora o que realmente marque neste filme seja a forma com a qual o diretor conta a história - e não a história que nos é contada). É sublime o trabalho tanto da câmera lenta - recurso, como já coloquei, pouquíssimo utilizado com sabedoria no cinema - assim como o uso da câmera subjetiva, afinal de contas o filme parte de uma adaptação de uma autobiografia escrita pelo próprio boxeador.

"Touro Indomável" é um marco do cinema moderno que deve ser assistido por todos aqueles que gostem de cinema. Ganhador do Oscar de melhor edição (Thelma Schoonmaker) e melhor ator (Robert De Niro).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...