segunda-feira, 18 de julho de 2011

Francis Ford Coppola, o líder da nova Hollywood

Nascido no dia 07 de abril de 1939, Francis Ford Coppola é um dos nomes mais importantes da cinematografia mundial, sendo responsável por grandes filmes que agradam aqueles que são fãs do estilo de filmar dos anos de ouro do cinema como das novas gerações, e é desta nova geração que ele faz parte.

Era o grande nome da geração de garotos que tomou Hollywood na década de 1970, fazendo alguns dos maiores sucessos da década, tanto de crítica quanto de bilheteria, exemplo disto são os filmes “O Poderoso Chefão”, partes um e dois (The Godfather, 1972, 1974) e “Apocalypse Now” (1979). Era o jovem que liderava o grupo, já que havia conseguido fazer um longa-metragem aos 27 anos.

Com esta responsabilidade nas costas Coppola abriu a American Zoetrope, que deveria ser o estúdio onde os jovens recém saídos das recém criadas universidades de cinema dos EUA poderiam ir se refugiar e contar às histórias que conheciam, filmando-as na rua, sem a pressão de nenhum dos grandes estúdios. Mas os sonhos não conseguiram vir para a realidade por completo, e o único jovem que conseguiu fazer um filme produzido por Coppola na Zoetrope foi George Lucas, que fez "THX 1138" (1971), uma adaptação de um curta-metragem seu, com o qual Lucas ganhou alguns prêmios.

Com a Zoetrope a beira da falência, Francis Ford teve de abandonar seus ideais de filmar diretamente na rua - onde as histórias acontecem - usando câmeras 16mm, para fazer “O Poderoso Chefão”, típico filme de estúdio, que requeria um alto orçamento, e que não seria uma história do próprio Coppola, mas aí ele deu um jeito.

O primeiro filme da saga da família Corleone é recheado com atores pouco conhecidos na época, mas com grande talento, como Al Pacino, que depois deste filme passou a ser uma figura importante na figura do cinema americano. Não foi fácil conseguir isto, tanto que Coppola ofereceu "The Godfather II" para o então desconhecido Martin Scorsese, já que ele também é descendente de italianos.

Foi nesta década (1970) que o cineasta conseguiu algumas proezas notáveis, como ganhar cinco Oscars, o primeiro como roteirista do filme “Patton” (1970), e os últimos com melhor filme, diretor e roteiro com “O Poderoso Chefão parte II” (the gadfather part II, 1975) e duas palmas de ouro com “A Conversação” (the conversation, 1974) e “Apocalypse Now” (1979).

Segue uma lista das principais obras do cineasta:

O Poderoso Chefão com Marlon Brando e Al Pacino – 1972

A Conversação com Gene Hackman e John Cazale – 1974

O Poderoso Chefão parte II com Al Pacino e Robert De Niro – 1974

Apocalypse Now com Marlon Brando e Martin Sheen – 1979

Drácula de Bram Stoker com Gary Oldman e Wonona Ryder – 1992

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...