terça-feira, 25 de janeiro de 2011

A Rede Social de David Fincher

por: Yves São Paulo

Saiu a lista do indicados ao Oscar 2011, junto a ela temos alguns filmes favoritos, como é o caso do filme "A Rede Social" (the social network, David Fincher). O filme
tem inicio com o som de uma guitarra, logo vem a voz do Jesse Eisenberg falando rapidamente, e junto à ela os ruídos do interior de um bar onde se encontram os estudantes de Harvard, sendo que o único momento em que conseguimos paz para os ouvidos é quando a namorada de Mark Zuckerberg o dá um fora e ele fica em silêncio e desta forma o barulho ambiente também é retirado dando lugar à trilha sonora composta para o filme, tudo isso unindo à fotografia que dá um tom sépia ao local. Com esta abertura notamos que a nova geração de cineastas possuem algo em comum, eles querem conquistar o espectador logo na primeira seqüência.
Este filme, além de nos introduzir a um novo elenco, que em breve deverá ser de estrelas de Hollywood, como o Andrew Garfield, que
já está gravando o novo Homem Aranha, no papel principal, nos é apresentado com imagens digitais, já que foi filmado com a câmera RED. Após "O Curioso Caso de Benjamin Button" David Fincher nos surge com esta película que mostra todos os conflitos por trás de uma gigante, o "Facebook", e todas as intrigas que fizeram desta página a maior rede social do planeta. E por trás dela temos o Eduardo Saverin, brasileiro que investiu no "Facebook" quando ele era apenas uma idéia na cabeça do Zuckerberg.
Aqui temos um candidato de peso para as premiações, já tendo levado o Globo de Ouro de melhor filme, "A Rede Social" é um daqueles raros filmes que não possuem um momento ruim, onde o espectador se cansa daquilo que está sendo apresentado, ou até mesmo, que seja repetitivo. Narrado de maneira não linear, de acordo com as lembranças de cada um no julgamento, a partir de um certo ponto, para que logo no inicio o espectador não seja surpreendido logo de cara por uma história que muitas vezes já conhece, ou até mesmo para que não preveja o que venha a acontecer no final. "A Rede Social" é mais um filme que prova que o cinema contemporâneo não morreu.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...